Administração medicamentos

A administração medicamentos é uma das actividades de maior responsabilidade da enfermagem. A sua correcta execução depende da aplicação de diversos princípios científicos que não se verificando puderam levar a erros com prejuízo do paciente.

No processo de medicação estão identificados 5 componentes, sendo:

  1. selecção e obtenção do medicamento
  2. prescrição
  3. preparação e dispensar
  4. administração medicamentos
  5. acompanhamento do paciente em relação aos efeitos do medicamento

No processo de administração medicamentos deve-se ter em conta:

  • se o medicamento contém substâncias sujeitas a controlo especiais
  • faixa etária a quem se destina a medicação terapêutica, isto é, crianças, jovens, adultos ou pacientes idosos
  • grupo farmacológico
  • descrição da acção, reacção e interacção das drogas
  • posologia
  • prescrição médica

Caso o enfermeiro não tenha em consideração dos factores acima descritos puderam ocorrer erros:

  • de omissão
  • de administração
  • de dose extra
  • relacionados com a via de administração
  • devidos ao horário incorrecto
  • devidos a preparação incorrecta
  • devidos à utilização de técnicas incorrectas
  • devido a medicamentos deteriorados
  • de prescrição
  • de distribuição

Os erros na medicação também podem estar relacionados com:

  • a deficiências da formação acadêmica
  • inexperiência
  • negligência
  • desatenção
  • desatualização quanto aos avanços tecnológicos e científicos
  • ao manusear de equipamentos
  • aos procedimentos definidos

Neste sentido, a aplicação da regra "5 certos" que vem sendo defendida por diversos autores e investigadores, deve ser recorda como um dos guias condutores no processo de administração medicamentos:

  • medicamento certo
  • paciente certo
  • dose certa
  • hora certa
  • via certa

Regras gerais e cuidados a ter em consideração na preparação e administração medicamentos:

  • não conversar durante o processo de preparação de medicamentos.
  • enquanto prepara o medicamento deve ter sempre à frente a bula do medicamento e a prescrição médica.
  • ler o rótulo do medicamento três vezes, e antes de cada uma das seguintes etapas compare-o com a prescrição médica:
    • de retirar o recipiente do armário;
    • de colocar o medicamento no recipiente para administrar;
    • de repor o recipiente no armário.
  • na bandeja de medicamentos deve colocar sempre juntos o cartão e o recipiente de medicamentos.
  • não tocar com a mão em pastilhas, drageias, cápsulas, comprimidos.
  • antes de administrar o medicamento, deve-se esclarecer ao paciente qualquer dúvida existente.
  • lembrar a regra dos 5 certos
  • somente após administratar a medicação é que se deve dar baixa, nunca antes.
  • fazer sempre a anotação no relatório sempre que o medicamento não for administrado indicando qual o motivo.
  • qualquer efeito dos medicamentos ou queixas do paciente, devem ser anotados de forma detalhada.
  • ao despejar o medicamento no copo graduado deve garantir que se efectua este processo numa superficie plana. (ver em baixo nota 1)

NOTA 1: Correspondência

  • colher de sopa (15ml)
  • colher de sobremesa (10ml)
  • colher de chá (5ml)
  • colher de café (3ml)